sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Jogo é paralisado para esperar médico com ‘piriri’ voltar do banheiro

A presença dos médicos é cada vez mais necessária em jogos de futebol. Por isso, uma partida não pode acontecer sem a presença deles. Mas os profissionais de saúde também sofrem com alguns probleminhas que estão mais acostumados a tratar. Foi o caso do médico do time juniores do Serrano, que disputa a terceira divisão do Campeonato Carioca.
O jogo contra o Yasmin acontecia na tarde de domingo, em Petrópolis, quando, de mansinho, o doutor deixou o banco de reservas, mas a ‘fugidinha’ não passou despercebida pelo quarto árbitro, que alertou o juiz. Segundo a súmula, a partida foi paralisada por cinco minutos, tempo suficiente para o médico passar pelo trono e resolver a ‘indisposição estomacal’.

“A partida teve uma paralisação de cinco minutos. O mesmo retornou ao seu local de trabalho dizendo ter ido ao banheiro pois estava com indisposição estomacal….”.
O jogo terminou 1 a 1. Para alívio do médico…

Nenhum comentário: