terça-feira, 3 de abril de 2012

Zagueiro é preso acusado de receber R$ 121 mil para fazer gol contra

O futebol italiano está envolvido em mais um esquema de manipulação de resultados. Após o anúncio da prisão de nove jogadores a pedido do Ministério Público de Bari, cidade no no Sul da Velha Bota, um dos envolvidos confirmou a denúncia nesta terça. O zagueiro Andrea Masiello (hoje no Atalanta) disse que recebeu € 50 mil (R$ 121 mil) para marcar um gol contra na derrota por 2 a 0 para o Lecce, em confronto disputado no dia 15 de maio de 2011.
O esquema teria sido motivado pelo fato de o Bari estar ameaçado de rebaixamento. Os jogadores acreditavam que não receberiam seus salários por conta disso e, então, decidiram criar uma rede para "entregar" determinadas partidas e lucrar com isso - seja dos times envolvidos nos jogos ou então de apostadores.
Um grupo de apostas chamado de The Gypsies também teria participado da manipulação dos resultados. Dois amigos do jogador Masiello, Fabio Giacobbe e Gianni Carella, foram outros que acabaram sendo acusados de ter lucrado com a máfia: cerca de 180 mil euros (R$ 438,2 mil). O pagamento referente ao gol contra teria sido feito por representantes do Lecce. Caso esta informação seja comprovada, o Lecce pode até ser rebaixado.
Curiosamente, teria acontecido uma derrota do Bari, em outro jogo esquematizado, por "apenas" 2 a 1 para o Palermo. E o resultado não foi bem o planejado pelos manipuladores. Na ocasião, o grupo teria recebido 150 mil euros (R$ 365,2 mil) para perder por 3 a 1 ou 4 a 1. Como não conseguiu, acabou devolvendo o dinheiro.

Nenhum comentário: